Eventos da Vizinhança

Eventos promovidos por entidades amigas, manifestações, etc.


Pré- Fórum pela Paz na Colômbia- Diálogos,Lutas e Contradições

O Pré -Fórum do Rio de Janeiro, ocorre como um preparativo ao 2º Fórum Internacional Pela Paz na Colômbia, que ocorrerá em junho do ano corrente, em Montevideo- Uruguay.

Programa do Pré- Fórum- RJ:

Coletiva de Imprensa - sexta-feira, 8 de maio, 10horas
Auditório Senador Nelson Carneiro
Palácio Tiradentes , Av. Presidente Antônio Carlos/ALERJ -Centro-RJ

Mesa de Abertura:
Sexta-feira, dia 8 de maio, das 18 às 21 horas
Auditŕio Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Rj
Av. Marechal Câmara, 150, Castelo

Mesas de Trabalho e Plenária
Sábado 9 de maio , 9 às 17:30h
Auditório SindiPetro
Av. passos 34 - Centro

Ato de Apoio à Revolução Bolivariana.

Ato de Apoio à Revolução Bolivariana, e Contra as ingerências do imperialismo norte-americano.

Dia: 9 de abril (quinta-feira)
Horário: 18horas
Local: UERJ, auditório 91- Rua São Francisco Xavier,524, Maracanã -Rio de Janeiro.
Presença da Embaixadora da Venezuela no Brasil, sra. Maria Lourdes Urbaneja Durant.

O povo brasileiro se solidariza com a luta do povo venezuelano

A Revolução Bolivariana, sob a liderança do inesquecível Hugo Chávez, alterou a correlação de forças na América Latina e tem sido vital na luta contra o imperialismo norte-americano e sua política de submissão da região aos seus interesses hegemônicos. A importância de Chávez pode ser medida pelo ódio que ele desperta nos capitalistas em todo o mundo.

O ódio e o veneno são derramados em nosso país pelas mentiras que os órgãos da grande imprensa, encabeçados pela Globo, repetem diariamente sobre a Venezuela. Constantemente
falam que Nicolás Maduro, presidente eleito em 2013, é um ditador, que é um louco, um incapaz, que faz ameaças, reprime a oposição, etc. São mentiras daqueles que se desesperam, assim como as elites brasileiras, ao constatarem que a Venezuela erradicou o analfabetismo, reduziu drasticamente a miséria, nacionalizou a indústria do petróleo, que passou
a financiar programas sociais, além de residir nos trabalhadores e no povo o poder de decisão sobre os destinos do país.

O Poder Popular que governa a Venezuela atualmente ganhou 18 das 19 eleições nacionais que ocorreram nos últimos 14 anos, todas sob a supervisão da ONU. A história se repete: os EUA buscam derrubar um governo progressista de qualquer maneira, nem que isso leve a um banho de sangue; da mesma forma que fizeram com o Chile do presidente socialista Salvador Allende, substituindo-o pela ditadura militar do sanguinário Pinochet, ou com João Goulart, no Brasil, impondo o mais longo período de terror e tortura da nossa história.

Nós trabalhadores, homens e mulheres, jovens, intelectuais e artistas brasileiros nos solidarizamos com o povo venezuelano que resiste às arremetidas imperialistas contra sua Revolução Bolivariana. Para nós, a América Latina é a Pátria Grande e, por isso, a luta do povo venezuelano é a mesma luta do povo brasileiro!

Toda Solidariedade e Apoio à Revolução Bolivariana na Venezuela

Contra a Intervenção dos EUA na Venezuela e na América Latina!

l° Seminário Internacional Poder Popular na América Latina

O Seminário Internacional Poder Popular na América Latina, ocorrerá nos dias, 25,26,27 e 28 de novembro, no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS), Largo de São Francisco- Centro -RJ.
Toda programação, esta no site www.nides.ufrj.br/sippal

Palestra- Geopolítica do Petróleo e Gás Natural

A Casa da América Latina
Convida:

Ativo Político: Geopolítica do Petróleo e Gás Natural

Palestrantes:

Gisele Rodrigues
Ecomonista, Mestre pela UFRJ,Membro do CORECON e Diretora da Casa da América Latina

Igor Fuser
Professor do Curso de Relações Internacionais pela UFABC, autor dos livros " Energia e Realções Internacionais" , Geopolítica - O Mundo em Conflito"

Realização- SENGE
Apoio: CAL

Dia: 12 de novembro (quarta-feira)
Horário: 18:30h
Local: Sindicato dos Engenheiros (SENGE), Av.Rio Branco, 277/17ª Centro-RJ

PALESTRA SOBRE OS 5 NA CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO 14/08

PALESTRA SOBRE OS CINCO NA CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO 14/08

Alícia Jrapko, jornalista, nasceu em Buenos Aires e cresceu na cidade de Córdoba, Argentina. Durante a ditadura de 1970 se viu obrigada a deixar seu país e mudou-se para os Estados Unidos. Nos últimos 20 anos, o principal foco do seu trabalho tem sido lutar contra a política hostil dos EUA contra Cuba. Desde 2006 ocupa o cargo de coordenadora do Comitê InternacionPALESTRA SOBRE OS CINCO NA CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO 14/08

Alícia Jrapko, jornalista, nasceu em Buenos Aires e cresceu na cidade de Córdoba, Argentina. Durante a ditadura de 1970 se viu obrigada a deixar seu país e mudou-se para os Estados Unidos. Nos últimos 20 anos, o principal foco do seu trabalho tem sido lutar contra a política hostil dos EUA contra Cuba. Desde 2006 ocupa o cargo de coordenadora do Comitê Internacional pela Liberdade dos Cinco Cubanos, nos EUA.
Em junho de 2014 Alícia coordenou, com grande sucesso, a III Jornada "5 dias pelos 5 Cubanos" em Washington D.C., que contou com a participação de mais de 30 países, inclusive o Brasil.

A atividade no Rio de Janeiro contará com a participação de Anita Leocádia Prestes - Professora UFRJ e Presidente do Instituto Luis Carlos Prestes e da Cônsul Geral de Cuba no Brasil Nélida Hernández Carmona.al pela Liberdade dos Cinco Cubanos, nos EUA.
Em junho de 2014 Alícia coordenou, com grande sucesso, a III Jornada "5 dias pelos 5 Cubanos" em Washington D.C., que contou com a participação de mais de 30 países, inclusive o Brasil.

A atividade no Rio de Janeiro contará com a participação de Anita Leocádia Prestes - Professora UFRJ e Presidente do Instituto Luis Carlos Prestes e da Cônsul Geral de Cuba no Brasil Nélida Hernández Carmona.

Exposição de fotos do jornalista e antropólogo Bill Hackwell

Exposição de fotos do jornalista e antropólogo estadunidense Bill Hackwell

De 13 a 15 de agosto de 2014 na Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Abertura dia 13 às 18:00h.

Hackwell já exibiu seu trabalho fotográfico em vários países sempre expressando a luta dos trabalhadores por mudanças sociais. Sua carreira começou no Vietnã em 1968 demonstrando a devastação que a guerra causou nas cidades daquele país. Em 2001 fotografou o projeto "Pastores pela Paz - EUA" e o Exército Zapatista de Libertação Nacional em Chiapas - México. Participa ativamente com seu trabalho fotográfico de denúncia contra as guerras, injustiças e no Comitê pela Liberdade dos 5 Cubanos prisioneiros nos Estados Unidos.

PERUANIDADES - Uma tarde de cultura peruana em Santa

sábado | 14/09/2013 | 13:00 Centro Cultural Laurinda Santos Lobo: Rua Monte Alegre, 306, Santa Teresa

Grátis

Sabores, ritmos, músicas, danças, jogos e histórias do Perú (e da América do Sul) com entrada franca em Santa?

O Grupo Negro Mendes e o Consejo de Consulta de la Comunidad Peruana en Rio de Janeiro têm a satisfação de convidá-los para: "Peruanidades - Uma tarde de cultura peruana em Santa", evento cultural para toda a família que contará com a seguinte programação:

13:30 - PEÑA CRIOLLA - Música folclórica do litoral peruano.
José María Castañeda (voz e cajón); Ricardo Bartra (guitarra criolla); Mónica Brun (voz)
(auditório)

14:30 – ROSANA REÁTEGUI do Grupo OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS – Contos peruanos e brasileiros para crianças -
(jardim segundo andar)

15:00 – AGUASALÁ - Grupo de danças afroamericanas
Claudia Lora , Erika Masinara, , Johanna Salazar, Lorena Granja, Nana Deba, Alejandra Eismann - (auditório)

16:30 - SERGIO VALDEOS e LAURA VALLE - Música peruana com influência do jazz e a bossanova (auditório)

18:00 NEGRO MENDES - Música afroperuana
Mónica Brun (Voz e percussão); José María Castañeda (voz e percussão); Ricardo Bartra (voz e violão); Edison Mego (percussão); Marcelo Bruno (baixo)

Danças (participação): Camila Daniel e Omar Guarniz (do grupo Sayari) e Claudia Lora.

Atividades ao longo do Evento

• Culinária Típica Peruana- Benny Loayza Gastronomia
• Bebidas e Pisco Sour
• Minitorneio - Jogo Sapo Peruano
• Música selecionada das Américas nos intervalos

Pré Fórum Estadual Pela Paz na Colômbia

A programação do dia, como combinada nas últimas reuniões é a seguinte:

Programa e metodologia:
8:30 às 9:00h – inscrições
9:00 às 10h - Se iniciará com uma apresentação da atual situação dos diálogos de paz entre as FARC-EP e o governo da Colômbia, da mobilização do 09/04 na Colômbia e a reunião do foro de São Paulo, e dos avanços da reunião do comitê organizador do fórum pela paz na Colômbia (a ser realizada nesta quinta 25/04 em São Paulo).
10 às 12h - Num segundo momento os participantes serão divididos em três grupos (correspondentes aos três eixos do Fórum: Democracia, Soberania e Justiça Social) os quais debaterão com base num documento que será lido em cada mesa; se definirão dois relatores por grupo/mesa para sintetizar os debates, aportes e propostas que se realizem.
12 a 14h - recesso.
14 às 16h - Finalmente se fará uma plenária onde cada grupo/mesa apresentará suas conclusões.
16:30 às 18h – avaliação pre-fórum, projeção e encaminhamentos até o fórum (nesta reunião a idéia é que participem os delegados das organizações que vem participando das reuniões de coordenação).

É importante que as organizações que faltam confirmem participação e/ou enviem a lista dos participantes.

Está confirmada a realização do Pre-Fórum pela Paz na Colômbia neste sábado 27/04 na UERJ (Rua São Francisco Xavier, 524, bairro Maracanã), no predio principal, a sala da abertura é RAV 94 no 9 andar -RJ

Vamos sim, pela Paz da Colômbia com Justiça Social, Democracia e Soberania.

www.forumpelapaznacolombia.blogspot.com. Nesse mesmo endereço eletrônico se encontram as informações e as atividades do Fórum.
Pd. Lembramos que podem se comunicar conosco neste telefone: 7673-2880

CINE-FORO ITINERANTE APRESENTA O DOCUMENTÁRIO “O BAILE VERMELHO”

CINE-FORO ITINERANTE COLÔMBIA EM MARCHA APRESENTA O DOCUMENTÁRIO “O BAILE VERMELHO”

No próximo 09 de Abril se realizará a apresentação do documentário "O Baile Vermelho", na cidade de Rio de Janeiro, Brasil. Esta atividade é coordenada pelo Cine-foro itinerante Marcha Patriótica e o Cine CASS do Centro Acadêmico de Serviço Social José Paulo Netto, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Lugar: Auditório Henrique Roxo, 1° Andar do IPUB, na sede Praia Vermelha da Universidade Federal de Rio de Janeiro, UFRJ.

Agenda da semana

1) Homenagem aos ex- Deputados e Vereadores do Estado do Rio de Janeiro cassados pela Ditadura Militar.
Dia 03 de abril (quarta-feira)
Horário: 18h30
Local: Plenário Barbosa Lima Sobrinho - Palácio 23 de Julho- Rua Dom Manuel s/n –Praça XV
Realização: Dep. Gilberto Palmares, Dep. Paulo Ramos e Dep. Luiz Paulo

2)- Cineclube, ABI e Casa da América Latina- De Buriti a Pintada/ Lamarca e Zequinha na Bahia.
Dia:04/04 (quinta-feira)
Horário:18:30h
Local: ABI – Rua Araújo Porto Alegre,71/7º andar- Centro- RJ
Realização: Associação Brasileira de Imprensa e Casa da América Latina

3) Missa em homenagem ao Presidente Hugo Chávez
Dia 05/4 (sexta-feira)
Horário : 11h
Local : Igreja da Candelária – Centro-RJ
Realização: Consulado Geral da República Bolivariana da Venezuela-RJ

Agenda de atividades -Vale a pena conferir

Agenda

Dia 4/12 ( terça-feira) – Cine Foro Itinerante
Horário: 18:30
Local: Sindicato dos Petroleiros - Av. Passos, nº 34 ( auditório)
Organização- Marcha Patriótica Capitulo Brasil- RJ

Dia 5/12 (quarta-feira) – Festa de Comemoração dos 18 Anos do Programa Faixa-Livre
Horário: 19h
Local : SEAERJ – Rua dos Russel,nº 01- Bairro da Glória
Organização: Programa Faixa Livre/ AEPET

Dia 6/12 (quinta-feira) – Cineclube (O Dia Em Que Meus Pais Saíram de Férias)
Horário: 18:30h
Local: Rua Araújo Porto Alegre, 71/ 7º andar (ABI)
Organização: Casa da América Latina/ ABI

Dia 8/12 (sábado) – Confraternização – Comidinhas de Botequim e Boa Conversa
Horário: a partir das 12h
Local: Sindicato dos Médicos – Av. Churchill, 97 (Salão Nobre)
Organização: Casa da América Latina

Simpósio: A ESQUERDA NA AMÉRICA LATINA (USP)

A ESQUERDA NA AMÉRICA LATINA

História, Presente, Perspectivas

Simpósio Internacional

Universidade de São Paulo – FFLCH – Departamento de História

11, 12 e 13 de setembro de 2012 (9 às 22 horas)

Programação

3ª. feira 11 de setembro

ABERTURA: Emília Viotti da Costa

09:00 h. (AH): DO PETISMO AO LULISMO: O PT ONTEM E HOJE: André Singer – Lincoln Secco – Tales Ab´Sáber – Cyro Garcia

09:00 h. (AG): ESQUERDA, DITADURAS E DIREITOS HUMANOS: Pedro Pomar – Jorge Souto Maior – Olgária Matos – Nils Castro

09:00 h. (CPJ): INTELECTUAIS E MARXISMO NA AMÉRICA LATINA: Bernardo Ricupero – Lidiane Soares Rodrigues – Marcos Napolitano – Maurício Cardoso

14:00 h. (AH): O COMUNISMO NA HISTÓRIA DO BRASIL: Milton Pinheiro – Apoena Cosenza – Frederico Falcão – Marly Vianna

14:00 h. (AG): CHINA E A AMÉRICA LATINA: Wilson N. Barbosa – Marcos Cordeiro Pires – Luis Antonio Paulino – Vladimir Milton Pomar

14:00 h. (CPJ): CUBA: PASSADO E PRESENTE DA REVOLUÇÃO: Luiz E. Simões de Souza – Joana Salém – Silvia Miskulin – José R. Máo Jr.

14:00 h. (RXCP): LÍNGUAS E LITERATURAS: DISCURSOS DE RESISTÊNCIA: Elvira Narvaja de Arnoux – Graciela Foglia – Adrián Fanjul – Pablo Gasparini

17:00 h. (AH): RECURSOS NATURAIS, ENERGIA E INTEGRAÇÃO CONTINENTAL: Ildo Sauer – Ariovaldo U. de Oliveira – Mónica Arroyo – Raimundo Rodrigues Pereira

17:00 h. (AG): PROGRAMAS SOCIAIS COMPENSATÓRIOS: SAÍDA DA POBREZA?: Ruy Braga – Eduardo Januario – Maria Cristina Cacciamali – Fúlvia Rosenberg

17:00 h. (CPJ): A REORGANIZAÇÃO DA CLASSE TRABALHADORA: Francisco Miraglia – José Maria de Almeida – Pablo Heller – Marina Barbosa Pinto

17:00 h. (RXCP): PERU, EQUADOR, BOLÍVIA: INDIANISMO E COSMOVISÃO ANDINA: Vivian Urquidi – Enrique Amayo – Tadeu Breda – Mónica Bruckmann

19:30 h. (AH): A LUTA DOS ESTUDANTES NA AMÉRICA LATINA: Clara Saraiva – Alejandro Lipcovich – Lucia Sioli – Mario Costa – Maria Ribeiro do Valle

19:30 h. (AG): AMÉRICA LATINA NA GEOPOLÍTICA INTERNACIONAL: André Martin – Leonel Itaussu A. Mello – Rodrigo Medina Zagni – Manoel Fernandes

19:30 h. (CPJ): O COMUNISMO NA AMÉRICA LATINA: Antonio C. Mazzeo – Marcos Del Roio – Victor Vigneron – Kennedy Ferreira

4ª. feira 12 de setembro

09:00 h. (AH): VENEZUELA E A REVOLUÇÃO BOLIVARIANA: Rafael Duarte Villa – Gilberto Maringoni – Flávio Benedito – Flavio Mendes

09:00 h. (AG): REDES SOCIAIS, AÇÃO DIGITAL E ATIVISMO POLÍTICO: Sergio Amadeu – Raphael Tsavkko – Rodrigo Vianna – Luiz Carlos Azenha

09:00 h. (CPJ): BOLÍVIA: DA ASSEMBLÉIA POPULAR A EVO MORALES: Everaldo Andrade – Diego Siqueira – Cristian Henkel – Igor Ojeda

14:00 h. (AH): O MARXISMO NA AMÉRICA LATINA: Michael Löwy – Osvaldo Coggiola – Luiz Bernardo Pericás – Marcio Bobik Braga

14:00 h. (AG): MÉXICO: DE ZAPATA AO ZAPATISMO: Waldo Lao Sánchez – Igor Fuser – Jorge Grespan – Azucena Jaso

14:00 h. (CPJ): EDITORAS DE ESQUERDA NA AMÉRICA LATINA: Marisa Midori – Flamarion Maués – Rogerio Chaves – Sandra Reimão

14:00 h. (RXCP): CIÊNCIA E TECNOLOGIA NA AMÉRICA LATINA, EM PERSPECTIVA DE ESQUERDA: Renato Dagnino – Carlos Sanches – Ciro Teixeira Correa – Marcos B. de Oliveira

17:00 h. (AH): O ANARQUISMO NA AMÉRICA LATINA: Edson Passetti – Marcos A. Silva – Ricardo Rugai – Margareth Rago

17:00 h. (AG): A ESQUERDA E O POPULISMO: Maria Helena Capelato – Maria Ligia Prado – Antonio Rago – Fernando Sarti Ferreira

17:00 h. (CPJ): COLÔMBIA: DA “VIOLÊNCIA” À GUERRA SEM FIM: Antonio Carlos R. de Moraes – Yuri Martins Fontes – Ana Carolina Ramos – Pietro Lora Alarcón

17:00 h. (RXCP): SOCIALISMO E ANTIIMPERIALISMO NA AMÉRICA LATINA: Vitor Schincariol – Carlos César Almendra – Fabio Luis – Alexandre Hecker

19:30 h. (AH): O MARXISMO NO BRASIL: Paulo Arantes – Dainis Karepovs – Armando Boito – Ricardo Musse

19:30 h. (AG): LUTA ARMADA NO BRASIL: UM BALANÇO: Carlos Eugênio Clemente – João Quartim de Moraes – Ivan Seixas – Antonio R. Espinosa

19:30 h. (CPJ): FEMINISMO E SOCIALISMO NA AMÉRICA LATINA: Fernanda Estima – Cecília Toledo – Sara Albieri – Janete Luzia Leite

5ª. feira 13 de setembro

09:00 h. (AH): PIQUETEIROS, FÁBRICAS OCUPADAS, SUJEITOS E MÉTODOS DE LUTA: Néstor Pitrola – Josiane Lombardi – Atenágoras Teixeira Lopes – Rodrigo Ricupero

09:00 h. (AG): A ESQUERDA E O MEIO-AMBIENTE: Francisco del Moral Hernández – Mauricio Waldman – Ana Paula Salviatti – Gilson Dantas

09:00 h. (CPJ): SOCIALISMO E SOCIAL-DEMOCRACIA NA AMÉRICA LATINA: Adalberto Coutinho – Gonzalo Rojas – Lúcio Flavio de Almeida – Claudio Batalha

14:00 h. (AH): A LUTA PELA TERRA NA AMÉRICA LATINA: Gilmar Mauro – Zilda Iokoi – Horacio Martins de Carvalho – Valeria De Marcos

14:00 h. (AG): A FRENTE DE ESQUERDA NA ARGENTINA (E O BRASIL): Luis Mauro S. Magalhães – Pablo Rieznik – Valério Arcary – João B. Araújo “Babá”

14:00 h. (CPJ): AMÉRICA LATINA: IMUNE À CRISE?: José Menezes Gomes – Plínio de Arruda Sampaio Jr. – Leda Paulani – Ramón Peña Castro

17:00 h. (AH): A CLASSE OPERÁRIA NA HISTÓRIA LATINO-AMERICANA: Ricardo Antunes – Agnaldo dos Santos – Sean Purdy – Mauro Iasi

17:00 h. (AG): ESQUERDA, IGREJAS, DIVERSIDADE SEXUAL E HOMOFOBIA: Laerte – Horacio Gutiérrez – Wilson H. Da Silva – Maria Fernanda Pinto

17:00 h. (CPJ): DILEMAS DA UNIVERSIDADE NA AMÉRICA LATINA: Gladys Beatriz Barreyro – Afrânio Catani – César Minto – João Flavio Moreira

17:00 h. (RXCP): PARAGUAI: DA TRÍPLICE ALIANÇA A ITAIPU: Cristiana Vasconcelos – Dorival Gonçalves – Brás Batista Vaz – Filipe Canavese – José A. Rolón

19:30 h. (AH): AMÉRICA LATINA, A CRISE MUNDIAL E A ESQUERDA: Plínio de Arruda Sampaio – Jorge Altamira – Ricardo Canese – Valter Pomar

19:30 h. (AG): DROGAS, NARCOTRÁFICO E CAPITALISMO NA AMÉRICA LATINA: Henrique Carneiro – Julio Delmanto – Rosana Schwartz – José Arbex

19:30 h. (CPJ): A TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO NO SÉCULO XXI: Fernando Torres Londoño – Lucelmo Lacerda – Valéria Melki Busin – Jung Mo Sung

AH: Anfiteatro de História / AG: Anfiteatro de Geografia/ CPJ: Sala Caio Prado Júnior / RXCP: Sala Reinaldo Carneiro Pessoa

Inscrições On-Line: www.esquerdaamlatina.fflch.usp.br

Apoio: GMarx – NEPHE – CEMOP - Mouro

Entrada Franca Serão fornecidos certificados de freqüência

Comissão Organizadora: Lincoln Secco – Osvaldo Coggiola – Rodrigo Ricupero – Jorge Grespan – Marcos A. Silva – Francisco Alambert

Co-Organização: PROLAM (Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina) – USP

Mostra Paralela

ESQUERDAS DE CINEMA – IMAGENS DAS AMÉRICAS LATINAS

(Ciclo de filmes)

Coordenação geral: Marcos Silva (FFLCH/USP) e

Thiago de Faria Silva (Rede de ensino básico e fundamental

da Prefeitura de São Paulo)

MÉXICO - O anjo exterminador, de Luis Buñuel (1962), comentado por Marcos Silva (FFLCH/USP).

ARGENTINA - La hora de los hornos, de Pino Solanas (1968), comentado por Mauricio Cardoso (FFLCH/USP).

BRASIL - Memórias do inconsciente, de Leon Hirzsman (1986), comentado por Nelson Tomelin (UFPA).

CUBA - Guantanamera, de Tomás Gutierrez Alea e Juan Carlos Tabio (1995), comentado por Marco Aguiar (UNIFAC).

URUGUAI - O banheiro do Papa, de Cesar Charlone (2005), comentado por Gilberto Maringoni (Fundação Casper Libero).

BRASIL – Videolência, do Núcleo de Consciência Alternativa (2009), e Qual Centro?, do Nossa Tela (2010), comentados por Thiago de Faria Silva (Rede de ensino básico e fundamental da Prefeitura de São Paulo)

CHILE - Dawson Ilha 10: a verdade sobre a ilha de Pinochet, de Miguel Littín (2009), comentado por Helio Costa Jr. (UFAC)

ARGENTINA - Cómplices del silencio, de Stefano Incerti (2010), comentado por Darcio Argento (Pesquisador autônomo).

COLÔMBIA - Los Infiltrados (2011), comentado por Neusah Cerveira (Rede estadual de ensino básico e fundamental do Rio Grande do Norte)

LANÇAMENTO E RECITAL: Dulce Patria, poesias de Horacio Gutiérrez, sobre a ditadura chilena

Cine-Fórum Itinerante Colômbia em marcha

Companheiros e companheiras brasileiros/as, colombianos/as e
latinoamericanos/as em geral, *escrevemos-lhes para convidar-lhes este
sábado para o lançamento do Cine-Fórum Itinerante Colômbia em marcha*,
vamos comemorar a luta pela primeira indepêndencia da Colômbia,
apresentaremos vídeos músicais lembrando que somos uma só América, também
vídeos sobre o surgimento do Movimento Social e Político Marcha Patriótica
da Colômbia, onde propomos falar sobre a situação atual do país e o que
representa a Marcha como alternativa de construção política de poder
popular retomando o legado do Libertador Simón Bolívar, e finalmente
faremos referência à situação dos presos políticos destacando os casos de
Carlos Lugo (músico) e Angye Gaona (poeta).

Contamos com vocês para compartilhar este espaço, e para seguir construindo
a proposta do Cine-Fórum itinerante, desde o qual esperamos chegar a
escolas, pré-vestibulares comunitários, favelas, sindicatos, universidades,
e todos aqueles espaços onde seja possível mostrar a Colômbia que não se
conhece, a experiência da barbárie, mas sobre tudo o outro lado da moeda: a
beleza da sua gente e a disposição para construir uma nova Colômbia de paz
com justiça social.

Estamos em marcha, e vocês?

Fraternalmente,

Marcha Patriótica Capítulo Brasil - Rio de Janeiro.

*A atividade será este sábado 21 de julho às 14h na ocupação Manoel Congo,
na rua alcindo guanabara 20, cinelândia*

Porto Alegre: Marcha Patriótica - Colômbia

A Marcha Patriótica é um Movimento Político e Social que agrupa mais de 2.000 organizações sociais de setores campesinos, estudantis, mulheres, afro-colombianos, indígenas, artistas populares, jornalistas independentes, obreiros, sindicalistas, educadores, prisioneiros políticos, vítimas da violência paramilitar e estatal, setores juvenis, comunitários, cívicos, barriais e de LGBT. A Marcha dinamiza a variedade de formas de organização e mobilização em qualquer região de Colômbia e de colombianos/as no exterior, independente de seu setor, representatividade ou quantidade.
Gestou-se, do encontro de diferentes experiências e resistências, o dia 20 de julho de 2010, quando é celebrado os 200 anos da primeira independência – o bicentenário – para denunciar que a independência não foi concluída e o povo foi traído, que se truncou a integração latino-americana, sonhada por Martí e Bolívar, da construção de verdadeiras e soberanas Repúblicas em Nossa América. Gestou-se como um processo que luta e está profundamente comprometido com a defesa da causa popular, inspirado no legado histórico das lutas do povo colombiano por uma verdadeira e definitiva independência, por uma paz com justiça social, pela democracia, a soberania e a Unidade Latinoamericana.
Chamamos a todos os colombianos e colombianas no Brasil e as organizações brasileiras de esquerda, amplas e democráticas, como organizações irmãs, a fazer memória do sentido e legado do dia 20 de julho, para construir uma Colômbia diferente e uma solidariedade política internacional, de irmandade latino-americana e solidariedade entre os povos para a construção da Pátria Grande. Para isso queremos convidála/lo ao evento de apresentação da Marcha Patriótica:

Quando: Sexta-Feira 20 de Julho, às 18h:30min
Onde: Clube de Cultura, Rua Ramiro Barcelos 1853, Porto Alegre.

¡Somos la Generación del Bicentenario!
¡Está en Marcha La Segunda y Definitiva Independencia!
MARCHA PATRIÓTICA CAPITULO BRASIL

Debate A Crise do Paraguai:Origem,Rumos e Alternativas

Prezados,
Segue a divulgação do debate A Crise Paraguaia: Origem, Rumos e Alternativas, que será realizado no dia 4 de julho,m quarta-feira, às 10h, no bloco O do campus do Gragoatá.
Em anexo e também abaixo a programação do evento:
10h00-10h30
Conferência de Abertura
“Itaipu: As negociações entre Brasil e Paraguai, ontem e hoje.”
Prof. Luiz Pedone (INEST/UFF)
10h30-13h00
Palestras
"Alternância política e coalizão no presidencialismo paraguaio: a rivalidade em M’buruvicha Roga"
Prof. Eduardo Heleno (INEST/UFF)
"O processo de impeachment e a cláusula democrática do Mercosul"
Prof. Sérgio Sant´Anna (Candido Mendes/PGCP-UFF)
“O Golpe de Estado no Paraguai e a América do Sul”
Prof. Carlos Eduardo Martins (UFRJ)
Debatedor:
Prof. Fernando Roberto de Freitas Almeida (INEST/UFF)
Organizadores:
Prof. Eurico de Lima Figueiredo
Prof. Edson Medeiros
Prof. Eduardo Heleno
Prof. Fernando Roberto Freitas Almeida
Prof. Vágner Camilo Alves
GRIDI - Grupo de Estudos sobre Relações Internacionais, Direito e Informação
Abs Eduardo Heleno

Ato em Solidariedade ao povo paraguaio nesta sexta às 16 horas

O Comitê Rio de Janeiro de Solidariedade ao Povo Paraguaio conclama todos a se manifestarem contra o golpe que derrubou o presidente Lugo no Paraguai. Participe do ato público, a realizar-se nesta sexta-feira, 29 de julho, às 16h, em frente ao Consulado do Paraguai
Cidadãs e cidadãos brasileiros, povos da América Latina:
O golpe é um grave precedente que ameaça a democracia e a soberania em nosso continente:

Hoje foi no Paraguai. Amanhã, onde será?

O que aconteceu no país vizinho é uma afronta à Convenção Americana sobre Direitos Humanos e à própria Constituição da República do Paraguai, que assegura a todo o cidadão o direito à ampla defesa, com prazo razoável. Tal direito não foi assegurado a um presidente eleito democraticamente, pelo voto popular. Além disso, o processo contra o presidente Fernando Lugo se baseou em acusações vagas e inconsistentes. O golpe representa uma ruptura com a ordem democrática no Paraguai e afronta todos os povos da América Latina. Não podemos permitir que o direito democrático de eleger livremente nossos representantes e de termos nossa soberania respeitada, reconquistado à custa de muita luta em nosso continente, seja ameaçado, como está acontecendo no Paraguai. É hora de manifestarmos nossa solidariedade ao povo paraguaio nas ruas e de alertamos para o risco de ruptura com a ordem democrática que paira sobre os povos da América Latina. Todos ao ato em frente ao Consulado do Paraguai, nesta sexta, 16h!

Contra o golpe
Contra a intervenção imperialista
Em defesa da democracia e da soberania
dos povos da América Latina

Ato em Solidariedade ao Povo Paraguaio
Dia 29, sexta-feira, às 16 horas
em frente ao Consulado do Paraguai, Praia de Botafogo, 242, Rio de Janeiro

Debate sobre Venezuela na UFRJ

Gostaria de convidá-los para um debate sobre o que está ocorrendo na Venezuela, mas sem intermediários, tendo como convidados os próprios venezuelanos. Acho que há muito o que se aprender com a experiência do nosso país vizinho, com os avanços e os problemas.

Contamos com a presença de vocês e com a ajuda na divulgação.

Um abraço,

Felipe Addor - Professor DEI/POLI/UFRJ

---------- VER ACIMA -----------

Cúpula dos Povos

Dia 18 de junho (segunda-feira), as 18:30h
Documentário e apresentação sobre a expedição histórica do Amazonas ao Caribe, de canoa
Palestrante: Sr. Angel Graña, geógrafo cubano da Fundação Antônio Nunez Jimenez

Dia 19 de junho (terça-feira), as 18:30h
Palestra: Capitalismo e Sustentabilidade, incompatibilidade de gênios
Sub/títulos: Equação da Relação do Homem com Terra
Palestrante: Luiz Carlos Santos-engenheiro civil
Capitalismo e Meio Ambiente
Palestrante: Eduardo Serra- professor da UFRJ e membro do CC do Partido Comunista Brasileiro - PCB
Petróleo, produção de Forma Sustentável
Palestrante: Fernando Siqueira- engenheiro e diretor da Associação dos Engenheiros da Petrobras - AEPET

Local: Av. Rio de Branco, 124/25ª andar (Clube de Engenharia)
Promoção: Associação Cultural José Martí de Minas Gerais e do Rio de Janeiro,Clube de Engenharia,Casa da América Latina,Espaço Cultural Diálogos do Sul,Fórum Social Mundial Mineiro,Movimento dos Sem Terra e Instituto dos Advogados Brasileiros.

Esquerda na América Latina História, Presente, Perspectivas

Simpósio Internacional: Esquerda na América Latina História, Presente, Perspectivas

Universidade de São Paulo
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Departamento de História

Período: 11, 12 e 13 de setembro de 2012

Horário: das 09h00 às 22h00

Local: vide programação

http://www.esquerdaamlatina.fflch.usp.br/

Ato/Debate sobre a Comissão da Verdade

ATO / DEBATE SOBRE A COMISSÃO DA VERDADE!

Dia 17/04/2012 às 18h na UFF - Auditório do Bloco N

Debatedores:
...
*Ivan Pinheiro - Secretário Geral do Partido Comunista Brasileiro (PCB)

*João Luiz Pinaud - membro da Comissão Nacional de Direitos Humanos - OAB -Federal

*Modesto da Silveira - Advogado histórico de presos políticos.

*Grupo Tortura Nunca Mais

Pela Comissão da Verdade!
Pela punição dos crimes cometidos pela Ditadura Empresarial - Militar!
Venha participar!

Organizão:União da Juventude Comunista

24ª Medalha Chico Mendes de

24ª Medalha Chico Mendes de Resistência 2012
2 de abril às 18horas
OAB/RJ- Av. Marechal Câmara 150- 9º andar, centro, Rio de Janeiro

Homenageados
Belisário dos Santos
Comunidade de Pinheirinhos
Deize Silva de Carvalho
Gabriel Sales Pimenta
(in memorian)
Marcia Helena Honorato
Maria Augusta Tibiriça Miranda
Maria Célia Corrêa (in memorian)
Mario Augusto Jakobskind
Moema Eulália Toscano
Osvaldo Orlando da Costa
( in memorian)

Apoio:
Associação Brasileira de Imprensa (ABI)
Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos- CEBRASPO
Centro pela Justiça e pelo Direito Internacional –CEJIL
Comissão de Direitos Humanos da OAB/RJ
Comissão de Direitos Humanos do Cons.Regional de Psicologia/RJ
Comitê Chico Mendes
Movimento dos Trabalhadores Sem Terra –MST
Nova Democracia
Partido Comunista Brasileiro- PCB
Rede de Comunidades e Movimentos Contra a Violência

Realização: Grupo Tortura Nunca Mais - GTNM

PCB comemora 90 anos.

SEMANA DOS 90 ANOS DO PCB

"NÃO PERCA ESTE MOMENTO HISTÓRICO!"

SEMINÁRIO “PCB 90 ANOS DE LUTAS”
Local: Sindicato dos Professores (Sinpro-Rio)
(Rua Pedro Lessa, 35 – 2º andar)

Dia 20/03 (terça)
16h às 18h: “1922-1945: DOS ANOS DE FORMAÇÃO ÀS LUTAS CONTRA O ESTADO NOVO”
Palestrantes: Milton Pinheiro e Marly Vianna; Coordenação: José Renato

19 às 21h: “1946-1964 – A CONSOLIDAÇÃO DA ESTRATÉGIA NACIONAL DEMOCRÁTICA”
Palestrantes: Ricardo Costa e Dênis de Moraes; Coordenação: Paulo Schueler

Dia 21/03 (quarta)
16 às 18h: “1965-1979 – A RESISTÊNCIA CONTRA A DITADURA”
Palestrantes: Muniz Ferreira e Marcos Del Roio; Coordenação: Heitor Cesar Oliveira

19 às 21h: “1980-1992 – O REFORMISMO E A TENTATIVA DE LIQUIDAÇÃO DO PCB”
Palestrantes: Anita Prestes e Ivan Pinheiro; Coordenação: Hiran Roedel

Dia 22/03 (quinta)
14 às 16h: “1992-2012 – A RECONSTRUÇÃO REVOLUCIONÁRIA”
Palestrantes: Virgínia Fontes e Edmílson Costa; Coordenação: Zuleide Faria de Melo

16h30 às 18h30: “O PCB E A CONJUNTURA INTERNACIONAL”
Palestrantes: Antonio C. Mazzeo, Eduardo Serra e Lucio Flávio R. de Almeida; Coordenação: Sofia Manzano

19 às 21h: “O PCB E A ESTRATÉGIA SOCIALISTA DA REVOLUÇÃO BRASILEIRA”
Palestrantes: José Paulo Netto, Mauro Iasi e Milton Temer; Coordenação: Sidney de Moura e Silva
Obs.: intervalo das 20:30 às 20:35, para assistir o programa nacional do PCB em cadeia de televisão

Dia 23/03 (sexta): Local: Associação Brasileira de Imprensa (ABI) - Rua Araujo Porto Alegre, 71

SEMINÁRIO INTERNACIONAL (7º andar): “A CRISE DO CAPITALISMO: A OFENSIVA IMPERIALISTA E A LUTA PELO SOCIALISMO”

13:30 às 14:30h: “Cuba: As mudanças no processo de construção do socialismo” (Representante do Partido Comunista de Cuba e Zuleide Faria de Melo - PCB)
14:45 às 17h: “América Latina: possibilidades e limites de avanços sociais” (Representantes dos Partidos Comunistas Argentino, Colombiano, Mexicano, Peruano, Uruguaio e Venezuelano; Atilio Boron; Edmilson Costa - PCB)
17:15 às 18:00 (9º andar): exibição do filme “Fomos, somos e seremos comunistas”

18:30 – ATO PÚBLICO NACIONAL 90 ANOS DE PCB

22:00 – FESTA VERMELHA
Local: Clube dos Advogados – Av. Marechal Câmara, 210 – 3º andar. (iniciativa: Fundação Dinarco Reis)

24 DE MARÇO DE 2012 (sábado): Local: Auditório Pedro Calmon – UFRJ – Praia Vermelha - Av. Pasteur

13:30 às 20:30: SEMINÁRIO INTERNACIONAL:
“A CRISE DO CAPITALISMO: A OFENSIVA IMPERIALISTA E A LUTA PELO SOCIALISMO”

13:30 às 15:00h: “Europa: Crise, retirada de direitos e resistência popular” (Miguel Urbano Rodrigues, Partidos Comunistas Grego e dos Povos de Espanha; Mauro Iasi - PCB)

15:10 às 16:30h: “Colômbia: A insurgência e o movimento de massas frente ao terrorismo de Estado” (Colombianos e Colombianas pela Paz, Marcha Patriótica, Partido Comunista Colombiano e Agenda Colômbia Brasil; Ivan Pinheiro - PCB)

16:35 às 19:45h: “Oriente Médio: As guerras imperialistas de rapina e as revoltas populares” (Embaixador da Síria no Brasil, Partidos Comunistas Sírio e Libanês, Leila Ghanen, Frente Popular de Libertação da Palestina; Ricardo Costa - PCB)

20:00: Ato Cultural, com um coquetel modesto.

25 DE MARÇO DE 2012 (domingo):

9:30 - Visita ao local onde foi fundado o PCB, em 25 de março de 1922;
Sessão Solene - Câmara Municipal de Niterói:
(Av. Amaral Peixoto, 625 – Niterói)
10:15 - Homenagem do Vereador Renatinho e do PSOL Niterói aos 90 anos do PCB;
10:30 - Reunião pública do Comitê Central do PCB, com militantes e convidados nacionais e internacionais;
13:00 - Almoço de confraternização em Niterói.

OBS.: Sobre o Seminário Internacional, acompanhe em nossa página os nomes e referências dos expositores bem como novas confirmações de Partidos Comunistas.

Saudações Comunistas
Partido Comunista Brasileiro - PCB

Rapper Fiell é o próximo convidado do evento Diálogos na Gramsci

Em janeiro deste ano demos início aos DIÁLOGOS NA GRAMSCI, um encontro que tem como objetivo promover debates sobre os mais variados assuntos. A cada mês será convidado um ou mais debatedores para lançar livros ou abordar temas da atualidade. O objetivo é que todos aprendam, juntos, a partir da troca de experiências diversas.
.
O próximo encontro já está marcado. Será no dia 6 de março, às 19h, com a participação do Rapper Fiell. Ele irá falar sobre o Hip Hop como importante ferramenta de comunicação para denunciar e fazer frente às injustiças e mazelas vividas pelas populações pobres. Além da música, Fiell também milita com produção de vídeos e participando de debates. Recentemente, ele lançou o livro Da favela para as favelas, no qual relata suas experiências de morador do morro Santa Marta e lutador social.
.
A entrada é gratuita, mas temos poucas vagas. As inscrições são feitas pelo e-mail livraria@piratininga.org.br ou pelo telefone (21)2220-4623.

Os Direitos Humanos na Colômbia- Convite

CONVITE

"OS DIREITOS HUMANOS NA COLÔMBIA"
(PALESTRAS SOBRE A CONJUNTURA COLOMBIANA)

5 de março (segunda-feira), às 18 horas
Sede Nacional do PCB:
Rua da Lapa 180 - grupo 801 - Lapa - Rio de Janeiro

- Mauricio Avilez, colombiano, da Agenda Colômbia Brasil;
- Ivan Pinheiro (Secretário Geral do PCB), que esteve recentemente na Colômbia no encontro "Colômbia: em busca de um caminho para a paz e a liberdade".

Coletivo Mémoria,Verdade e Justiça-RJ

Análise crítica sobre o Projeto de Lei
de criação da Comissão Nacional da Verdade no Brasil
- RESUMO em 19 set 2011 –

O Coletivo RJ Memória, Verdade e Justiça declara que:

- A Comissão Nacional da Verdade, em vias de ser aprovada pelo Congresso Nacional, é uma demanda antiga e legítima da sociedade civil para o esclarecimento das violações de Direitos Humanos cometidas pelo Estado brasileiro durante a ditadura civil-militar no período de 1964 a 1988.
Há uma enorme expectativa da sociedade civil e dos movimentos organizados de que ela seja implantada e que possa fazer jus à sua função de elucidar a verdade dos acontecimentos daquele período e de que seu relatório final seja um instrumento de esclarecimento efetivo sobre as circunstâncias das violações, de sua autoria e responsabilidades, a ser amplamente divulgado.
- O Coletivo RJ, como parte da sociedade civil organizada, dentre suas atividades realizou uma análise crítica detalhada do projeto de lei e considera fundamental que esta possa ser discutida com outros organismos da sociedade civil e reconhecida pelos órgãos oficiais.
Espera-se que a Comissão Nacional da Verdade, uma vez instituída, possa levar em conta as sugestões do movimento social organizado, ampliando a participação neste processo de formulação da proposta da Comissão - até agora restrita e limitada às autoridades oficiais – porque consideramos a participação social uma necessidade efetiva na construção do fortalecimento da democracia no país.
Neste sentido, o Coletivo RJ considera, resumidamente, que:
- A denominação da comissão deveria ser Comissão Nacional da Verdade e Justiça, indicando sua função de promover a justiça, em sentido amplo – ainda que não jurisdicional.
- Os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade devem ser restritos ao período de 1964 a 1988, ficando bem definido o período de esclarecimento da verdade sobre as violações de direitos humanos perpetradas pelo Estado brasileiro durante o regime ditatorial civil-militar.
- Ao invés de constar no documento que sua finalidade é a promoção da reconciliação nacional, valorizamos o propósito de fortalecimento democrático e da garantia da não repetição dos fatos ocorridos durante a ditadura civil-militar.
- Em que pese a existência da expressão “graves violações de Direitos Humanos”, o Coletivo RJ indica a supressão do termo grave, e enumera as violações de direitos humanos definidas por parâmetros internacionais (ainda em discussão).
- Deve ser assegurada a imunidade/inviolabilidade civil, penal e administrativa aos membros designados da Comissão bem como das testemunhas que prestarem declarações.
- Ampla publicação e divulgação dos fatos que motivaram as violações dos direitos humanos e da documentação auferida pela CNV.
- Todas as informações processadas e sistematizadas deverão ser remetidas a órgãos e autoridades competentes, para as providências cabíveis.
- Deve ser garantida autonomia e estrutura administrativa adequada, dotação orçamentária compatível/específica, recursos financeiros, técnicos e humanos para que possa atingir seus objetivos e responsabilidades.
- Deve ser suprimida, na composição da Comissão, o componente militar, a fim de ser garantida a imparcialidade de seus membros com as forças político sociais em luta no passado.
POR UMA COMISSÃO DA VERDADE E JUSTIÇA INDEPENDENTE E AUTÔNOMA!

Centenário de Apolônio de Carvalho

CENTENÁRIO DE
APOLÔNIO DE CARVALHO
O Grupo Tortura Nunca Mais/RJ alia-se à família e aos amigos de Apolônio de Carvalho para as comemorações do Centenário de seu nascimento.
As atividades previstas até agora:

Dia 8/02 - 16h - Cerimônia de entrega do acervo de Apolônio ao Arquivo Nacional - Arquivo Nacional
Dia 10/02 17h Homenagem a Apolônio e apresentação do livro de Renée - Brasília
Dia 13/02 Aniversário do PT RJ e Homenagem a Apolônio

Última semana de março: título de cidadã fluminense a Renée, e homenagem ao Apolônio Assembléia estadual

Dia 31 de março Solenidade na Pinacoteca de SP [antigo DOPS]

Estamos prevendo realizar [sem data nem confirmação] um debate no TV Brasil e outro num espaço acadêmico sobre o Apolônio e a sua geração e seu impacto na historia recente e

Mostra de Cinema da Venezuela em Brasilia

A Embaixada da República Bolivariana da Venezuela,
em parceria com a
Secretaria de Cultura do GDF
e o Museu Nacional Conjunto Cultural da República
tem a honra de convidar o público em geral
à mostra de cinema

1 Curta 1 Longa

de 2 a 5 de fevereiro de 2012
no Auditório do Museo Nacional
ENTRADA FRANCA

Classificação: 16
http://brasil.embajada.gob.ve
@embvzlabrasil

Quinta 02.02.2012
Curta: Adán y Eva
Longa: Postales de Leningrado
19:30hrs

Sexta 03.02.2012
Curta: 3 hijos y 1 vestido
Longa: Macuro
19:30hrs

Sábado 04.02.2012
Curta: El Silencio de los Sapos
Longa: Bloques
17:00hrs

Curta: El Café de Lupe
Longa: La Clase
19:30hrs

Curta: Todo lo que sube
Longa: Libertador Morales
21:30hrs

Domingo 05.02.2012
Longa: 1,2 y 3 mujeres
17:00hrs

Afiche cine 27.01.jpg
281K Visualizar Baixar

PPGSS: América latina: Revolução e Contra-Revolução - 6 e 7/10

Convite PPGSS: Ciclo de Debates- América latina: Revolução e Contra-Revolução - 6 e 7 de outubro

CICLO DE DEBATES
“América Latina: Revolução e Contra-Revolução”
Dia: 06 de Outubro de 2011 (5ª feira)
Palestrante: Luis Suarez Salazar (Doutor em Ciências Sociológicas e Professor da Universidade de Havana)
Debatedor: Ivan Pinheiro (Diretor da Casa da América Latina)

Dia: 07 de Outubro de 2011 (6ª feira)
Palestrante: Luis Suarez Salazar
Debatedor: Rodrigo Castelo (Doutor em Serviço Social pela UFRJ)

Local: UERJ – 9º andar - Auditório A (Bloco D)
Horário: 15 às 18 horas

Debate de lançamento das Memórias, de Gregório Bezerra

A Boitempo Editorial convida para uma série de debates gratuitos (sem necessidade de inscrição prévia) em torno do livro Memórias, autobiografia do lendário líder camponês Gregório Bezerra. Os eventos marcam o lançamento da nova edição da obra que inspirou gerações de militantes em todo o Brasil.

Todos os eventos são gratuitos e não há inscrição prévia.

Haverá sorteio e venda dos livros da Boitempo com descontos.

Acompanhe a página do evento no Facebook Debate de lançamento de Memórias

Programação completa

01/09 | 18h - Recife (PE)
Auditório Sala Aloisio Magalhães da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ)
R. Henrique Dias, 609 – 1º andar
Debate com Anita Leocadia Prestes (apresentação do livro), Eduardo Campos (Governador de Pernambuco – PSB), Fernando Freire (Presidente da Fundaj), Ivana Jinkings (editora da Boitempo), Ivan Pinheiro (Secretário Geral – PCB), João da Costa (Prefeito do Recife – PT), Jurandir Bezerra (filho de Gregório) e Roberto Arrais (orelha do livro).

Realização: Prefeitura do Recife, PCB e Boitempo Editorial.
Apoio: Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Fundação Dinarco Reis, Associação de Presos e Anistiados Políticos (APAP) e Associação Cultural Brasil x Cuba – Casa Gregório Bezerra.

13/09 | 10h - Rio de Janeiro (RJ)
Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da UFRJ
Largo São Francisco, 01 – Centro
Debate com Anita Leocadia Prestes (PPGHC/UFRJ e ILCP), Ivan Pinheiro (PCB), Joba Alves (MST) e Leonilde Servolo de Medeiros (CPDA/UFRRJ).

Realização: Arquivo da Memória Operária do Rio/UFRJ, Instituto Luiz Carlos Prestes, Programa de Pós-Graduação em História Comparada/UFRJ e Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia/UFRJ.
Apoio: Boitempo Editorial

14/09 | 18h - São Paulo (SP)
Sala 8 - Filosofia - FFLCH/USP
Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - Cidade Universitária - (11) 3091-8592
"Gregório Bezerra e a história do comunismo no Brasil" – integrando a programação do IV Colóquio Marx e os Marxismos
Debate com Antonio Carlos Mazzeo (Unesp e PCB), Francisco de Oliveira (USP), João Quartim (Unicamp) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL).

Realização: Laboratório de Estudos Marxistas da Universidade de São Paulo (LeMarx-USP) e Boitempo Editorial.
Mais informações:

Ana Yumi Kajiki
comunicacao@boitempoeditorial.com.br
55 11 3875 7285
55 11 8777 6210
Boitempo Editorial
Conheça o site da Boitempo
Conheça o blog da Boitempo
Siga o perfil da Boitempo no Twitter
Acompanhe a página da Boitempo no Facebook

Mostra O Documentário Segundo Silvio Tendler

Mostra O Documentário Segundo Silvio Tendler vai ter filmes e debates entre 31/08 e 4/09 no CCJF - Centro Cultural da Justiça Federal (Rio)

Em um ano repleto de efemérides importantes para a filmografia de Silvio Tendler, o Centro Cultural da Justiça Federal, em convênio com a Iris Cinematográfica TV e a A.I.D.A. - Associação Internacional para o Desenvolvimento do Audiovisual promovem a Mostra O Documentário Segundo Silvio Tendler.

Entre as datas significativas de 2011 relacionadas à obra do cineasta, destaque para os 50 anos da renúncia do presidente Jânio Quadros - e conseqüente posse de Jango – os 30 anos da morte de Glauber Rocha, os cem anos do nascimento do guerrilheiro Carlos Marighella e os 10 anos da morte do geógrafo Josué de Castro. Todos estes nomes foram retratados por Tendler em alguns dos filmes mais emblemáticos de sua carreira, que serão exibidos de 31/08 a 4/09 no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio.

A mostra reunirá seis filmes do cineasta, entre longas e médias-metragens, que retratam aspectos da política brasileira nos últimos 30 anos: Utopia e Barbárie, Encontro com Milton Santos, Glauber, o filme - Labirinto do Brasil, Marighella – Retrato Falado do Brasil, Josué de Castro e Jango. Será uma rara oportunidade para o público assistir a estas obras em tela grande, já que nos últimos anos, a maioria delas têm sido exibidas apenas em cineclubes. A programação inclui ainda um seminário, que contará com mesas-redondas logo após as exibições dos filmes. O ingresso custa R$1.

“O documentário vem ganhando um grande espaço na programação da TV e do Cinema nos últimos anos”, observa a realizadora da mostra, Isa Albuquerque. “E o Silvio está muito produtivo. Como cronista de seu tempo, ele tem muito conteúdo e está cumprindo muito bem o seu papel social. Essa mostra é uma celebração da verdade, favorecida pela democracia”, completa.

‘O Cineasta dos Vencidos’ - em mais de 40 anos de carreira, Silvio Tendler produziu cerca de 40 filmes, entre curtas, médias e longas-metragens, em que a maioria são biografias históricas de cunho social. Ficou conhecido como “o cineasta dos vencidos” ou “o cineasta dos sonhos interrompidos” por abordar em seus filmes personalidades como Jango, Jucelino Kubitshek, Carlos Marighella, entre outros nomes emblemáticos da política brasileira.

Seus filmes são um resgate da memória brasileira e inspiram seus espectadores à reflexão sobre os rumos do Brasil, da América Latina e do mundo em desenvolvimento. Dono de um jeito muito peculiar de fazer cinema, muitas vezes contam-se décadas entre a gestação de uma ideia, sua execução e finalização.

“A Isa Albuquerque é apaixonada pelo meu trabalho e ela transformou essa paixão em uma mostra de filmes. Achei isso muito legal”, disse Silvio, que é detentor das três maiores bilheterias de documentários na história do cinema brasileiro: O Mundo Mágico dos Trapalhões (1,8 milhões), Jango (1 milhão) e Anos JK (800 mil).

Filmes e debates: a abertura, quarta-feira, dia 31/08, às 18h, ficará por conta de Glauber o Filme, Labirinto do Brasil. A sessão será seguida de um talk-show com Silvio Tendler. No dia seguinte, haverá reprise do filme sobre Glauber, às 16h, e uma segunda sessão, às 18h, que exibirá Encontro com Milton Santos. Neste dia, participarão do debate Milton Temer e Maria Clara Badan.

Sexta-feira, dia 2 de setembro, outra exibição de Encontro com Milton Santos, às 16h, seguida dos médias-metragens Marighella e Josué de Castro, às 18h. Com o tema “Documentário no Brasil – A Construção Artística do Documentário”, o seminário neste dia terá a participação do jornalista Rodrigo Fonseca.

Sábado, dia 3, serão exibidos outra vez os médias Marighella e Josué de Castro, às 16h, e Jango, às 18h. Às 20h, o historiador Eduardo Bueno e a pesquisadora Maria Clara Badan participam do seminário “O Documentário no Brasil – O Documentário e a Construção da Narrativa Histórica e Política”. Todos os debates serão mediados pela jornalista Eliana Monteiro, professora de cinema da Universidade Estácio de Sá.

Domingo, a partir das 16h os filmes Jango e Utopia e Barbárie, encerram a programação.

Na semana seguinte à mostra, serão realizadas, no Morro do Cantagalo, em Ipanema, oficinas profissionalizantes de câmera para cinema, cenotécnica e interpretação para teatro, cinema e TV. As aulas serão ministradas pelos cineastas Luiz Carlos Lacerda, o Bigode, e Cláudio Altiere.

SINOPSES:

Utopia e Barbárie (2009 / 120 minutos)
O filme é um road movie histórico: para reconstruir o mundo a partir da II Guerra Mundial, passa pela Itália, EUA, Brasil, Vietnam, Cuba, Uruguai, Chile, entre outros países. Em cada um desses lugares,
documenta os protagonistas da história. Tão importante quanto o tema é o olhar do autor. Este olhar foi se construindo a partir da elaboração do filme. Por isso, buscou a reconstrução da história de maneira não partidarizada. Ouviu diferentes personagens com abordagens distintas. Juntos compõem um rico painel de nossa época.

Glauber o Filme, Labirinto do Brasil (2003 / 90 minutos)
Documentário sobre a vida e a morte de Glauber Rocha, o polêmico cineasta baiano que
revolucionou o cinema, promovendo uma radical revisão na cultura brasileira. Imagens do enterro, depoimentos recentes de quem acompanhou sua trajetória, seu pensamento e idéias, explodem na tela num filme-tributo à memória de um artista que idealizava um cinema independente e libertário.

Jango (1984 / 117 minutos)
O filme totalizou um milhão de espectadores no circuito nacional de cinema em 1984. Exibido no Canal Brasil.
Prêmios:
- Margarida de Prata / CNBB
- Prêmio Especial do Júri, Melhor Filme do Júri Popular e Melhor Trilha Sonora do Festival de Gramado.
- Prêmio Especial do Júri, do Festival de Havana, em Cuba.

Encontro com Milton Santos (2006 / 89 minutos)
O filme trata do processo de globalização com base no pensamento do geógrafo Milton Santos.
Aponta as perversidades do mundo atual e apresenta um futuro possível.

Marighella, retrato falado do guerrilheiro (2001-2002 / 55 minutos)
Filme sobre a vida do militante comunista Carlos Marighella. Co-Produção da TV Cultura.

Josué de Castro (1994 / 50 minutos)
Documentário sobre o autor de Geografia da Fome.
Margarida de Prata da CNBB e mênção especial do Rio Cine Festival.

PROGRAMAÇÃO:

Quarta-feira, 31/08
18h - Glauber o Filme - Labirinto do Brasil
20h às 21h30 - Talk Show com Sílvio Tendler e a jornalista Eliana Monteiro

Quinta-feira, 01/09
16h – Reprise de Glauber o Filme - Labirinto do Brasil
18h – exibição de Encontro com Milton Santos
20h às 21h30 – Seminário: o Documentário no Brasil - As Verdades do Documentário
Com o jornalista Milton Temer e a pesquisadora Maria Claudia Badan Ribeiro

Sexta-feira, 02/09
16h – Reprise de Milton Santos
18h – Marighella, Retrato falado do guerrilheiro e Josué de Castro
20h às 21h30 – Seminário: o Documentário no Brasil – A Construção Artística do Documentário
Com o jornalista e crítico de cinema Rodrigo Fonseca e o professor e crítico de Cinema Miguel Pereira.

Sábado, 03/09
16h – Reprise dos filmes Marighella, Retrato falado do guerrilheiro e Josué de Castro
18h – Jango
20h às 21h30 – Seminário:O Documentário no Brasil – O Documentário e a Construção da Narrativa Histórica e Política
Com o historiador Eduardo Bueno e os professores de cinema José Eudes e Cesar Romero Jacob.

Domingo, 04/09
16h – Reprise de Jango
18h – Utopia e Barbárie

SERVIÇO:
Mostra O Documentário Segundo Silvio Tendler
De quarta-feira, 31/08, a domingo, 4/09 de 2011
Centro Cultural da Justiça Federal: Avenida Rio Branco, 241 – Centro
Tel.: 21 3261-2550
Capacidade de Público: 80 lugares
Ingresso: R$1

ABI HOMENAGEIA OS 100 ANOS DE NASCIMENTO DE NELSON WERNECK SODRÉ

No próximo dia 23 de agosto, a ABI promove um encontro em homenagem ao centenário de nascimento de Nelson Werneck Sodré, no auditório do 7° andar, às 18h30, quando sua filha, Olga Sodré, fará uma palestra sobre o significado histórico e social da importante obra do pai. Na ocasião serão distribuídos, gratuitamente, cerca de 50 exemplares do livro Desenvolvimento Brasileiro e Luta pela Cultura Nacional publicado com textos do próprio Nelson e selecionados por sua filha Olga.

O HOMENAGEADO

Nelson Werneck Sodré é um pensador brasileiro que refletiu sobre a realidade de seu tempo e analisou a formação histórica da nossa sociedade, pelo ponto de vista marxista, configurando um pensamento crítico registrado como base ideológica para um projeto revolucionário de nação. É reconhecido como um dos maiores intelectuais brasileiros de todos os tempos por sua trajetória de escritor, jornalista, professor e pesquisador da história do Brasil. Nelson deixou uma obra singular – marcada pela linguagem concisa e clareza das idéias – conduzida por um pensamento dialético e esclarecedor. Publicou inúmeros artigos e cerca de 60 livros, entre os quais os clássicos História da Imprensa no Brasil, História da Literatura Brasileira, História Militar do Brasil, Formação Histórica do Brasil e Capitalismo e Revolução Burguesa no Brasil.

A PALESTRANTE

Olga Sodré é doutora em Filosofia pela Universidade de Sorbonne (Paris, França) e Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Tem pós-doutorado em Filosofia pelo Instituto Católico de Paris e outro pós-doutorado no Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Integra o Grupo de Trabalho, Psicologia e Religião da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP) e trabalha como psicóloga clínica e social, tendo sido consultora, pesquisadora e professora, em diversas instituições brasileiras e estrangeiras, entre elas: Divisão de Política Científica (UNESCO), Laboratório de Psicologia Social (EHESS – Maison des Sciences de l’ Homme de Paris), Associação de Prevenção da Delinqüência (DASS – Ministério da Saúde- Paris), Faculdade de Ciências Humanas Clínicas (Paris VII - Sorbonne); Secretaria de Desenvolvimento Social (RJ), PUC-RJ, e UEG (atual UERJ). Participou em 2010, do livro a Arte de Cuidar organizado pela pós-graduação da Faculdade de Medicina da USP e, em 2011, do livro Enfrentamento Religioso e Saúde organizado pelo Instituto de Psicologia da USP.

PARCERIAS: Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro – Sindicato dos Artistas e Técnicos em Diversões Públicas – Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica – Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado do Rio de Janeiro e Clube de Comunicação.

Mudanças climáticas e pobreza na América do Sul

http://www.isaude.sp.gov.br/?cid=1707

Simpósio Internacional de Mudanças Climáticas e Pobreza na América do Sul acontece em agosto, em São Paulo

O Departamento de Saúde Ambiental da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP) e o grupo do Sistema de Informações Ambientais para o Desenvolvimento Sustentável (SIADES), realizarão, entre os dias 30 de agosto e 3 de setembro, das 08h15 às 17h40, na FSP/USP, o Simpósio Internacional de Mudanças Climáticas e Pobreza na América do Sul. O evento visa apresentar e debater dados e estudos que estão em andamento sobre os possíveis impactos causados pelas mudanças climáticas, relacionados à pobreza no setor de prestação de serviços, entre eles saúde, habitação, saneamento, transporte e energia.

O Simpósio é fruto do projeto “Sindromes Climáticas y Pobreza en Sudamérica”, do programa de ajuda a pesquisas CeALCI (Centro de Estudos para América Latina e a Cooperação Internacional), que tem como objetivo promover projetos, colaborar com outras entidades e auxiliar pesquisas ligadas a essas áreas.

Além das discussões sobre os possíveis impactos das mudanças climáticas, o evento contará com a presença de pesquisadores de Universidades do Chile, Argentina, Paraguai, Uruguai, Equador, Bolívia, Peru e Colômbia, que apresentarão dados e estudos em andamento, em mesas-redondas e palestras.

Entre os temas das palestras e mesas-redondas estão Rede Clima; Mudanças Climáticas e Pobreza no Brasil: um enfoque na Saúde; Mudanças Climáticas e Pobreza na Visão do Banco Interamericano de Desenvolvimento; Mudanças Climáticas e Pobreza no Chile; Mudanças Climáticas e Pobreza na Argentina; Saúde e Pobreza; Indicadores de Desenvolvimento Sustentável; Apoio a Projetos na América do Sul e Complexidade da Ciência Ambiental.

Com a finalidade de obter um conjunto de indicadores comuns para países da América do Sul, também estão abertas oficinas de construção de indicadores de “síndromes de sustentabilidade”, até 5 de agosto. Porém, a participação requer alguns critérios exigidos pelo Simpósio, disponíveis no site da FSP. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet.

A Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo fica na Av. Dr. Arnaldo, 715, em São Paulo. Mais informações podem ser obtidas no endereço: www.fsp.usp.br/siades

Fonte: http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/mudancas-climaticas-e-pobreza-n...

Livro: "O Garoto Que Sonhou Mudar a Humanidade" - Irun Sant'Anna

A Casa da América Latina

Convida para:
Lançamento do livro " O Garoto Que Sonhou Mudar a Humanidade" do militante e médico Irun Sant'Anna.
Com Palestra de Modesto da Silveira, sobre a trajetória militante e pessoal do autor.

Dia: 22 de agosto de 2011( segunda-feira)
Horário: 17:30h.
Local: ABI (Associação Brasileira de Imprensa), rua Araujo Porto Alegre, 71- 7º andar- Centro
Realização: Fundação Dinarco Reis e Modecon
Apoio: ABI

Festa Carry Me Banana!

Do México pra Baixo!

.
Música caribenha, latina e brasileira: a música do entre-trópicos!
.
.
A preço de banana!!

só 5 reais!!!só 5 reais!!!só 5 reais!!!só 5 reais!!!
.
E mais mesa de frutas liberadas para degustação!
.
.
Djs: Rosa, Tarso e Nobreza Tipo A
.
Salsa, merengue, rumba, cumbia, cha cha cha, mambo, boogaloo, mento, calypso, ska, reggae, dub, samba e música brasileira em geral, etc.
.
.
Dia 12 de agosto (sexta) às 23 horas.
.
Varandas da Lapa. Rua do Riachuelo, 125. Lapa
.

Evento no Facebook:

http://www.facebook.com/event.php?eid=127359534023942

(Uma produção de Companhia Bananeira)

O TINKU 100% BOLIVIANO

O Consulado Geral do Estado Plurinacional da Bolívia no Rio de Janeiro, tem o agrado de convidar a participar do evento cultural “O TINKU 100% BOLIVIANO”.

Com o objetivo de reivindicar, promover e postar precedente internacional sobre a origem da dança TINKU, a Organização Boliviana em Defesa e difusão do folclore Boliviano OBDEFO com apoio dos Ministérios das Relações Exteriores e de Culturas da Bolívia, estão organizando a nível mundial dito Evento em 36 cidades de 16 países, com apresentações públicas de música e dança, numa mesma hora e data.

Como parte do evento, no dia 31 de julho de 2011 domingo, das 11h às 13h na Praia de Copacabana, Av. Atlântica entre as ruas Rodolfo Dantas y Fernando Mendes será realizado o Evento Cultural nesta cidade maravilhosa.
Organização e Apoio:
Consulado Geral da Bolívia no Rio de Janeiro
Sub Prefeitura Zona Sul do Rio de Janeiro
Grupo Folclórico Cultural Patuju
Grupo Renascer Andino
Grupo Integración Latina
Bolívia Cultural

“Cidades aéreas e retratos urbanos”, exposição de Jorge Cabrera

Artista venezuelano expõe no Rio entre 06 e 15 de julho

A cidade do Rio de Janeiro vai receber exposição de arte. O artista e arquiteto venezuelano Jorge Cabrera apresenta suas obras no Instituto Cultural Brasil-Argentina entre os dias 06 e 15 de julho.

O evento acontece em comemoração ao Bicentenário da venezuela e conta com a organização do consulado do país sediado no Rio. A Exposição, chamada “Cidades aéreas e retratos urbanos” ficará exposta de segunda-feira à sexta-feira, das 11h00 às 19h00. No dia 06, na abertura, Jorge Cabrera fará palestra gratuita a partir das 18h.

Cidades Aéreas e Retratos Urbanos é o titulo de uma série de obras plásticas iniciadas na Venezuela por Jorge Cabrera no final dos anos 90 e a qual se estende ao longo da década de 2000. Essa série corresponde a cidades, ruas, pessoas, passarelas, todas elas anônimas, nas quais se percebem coisas: cores, fluxos, pinceladas, ritmos, sensações, pessoas. Cidades Aéreas plasma cidades anônimas identificadas por códigos, como Nrua8W, que traz sutilmente alguma lembrança de cidades já descritas por Italo Calvino. Texturas, colagens, escritas, são signos plásticos que caracterizam essas obras que se desenvolvem no ar das passarelas.

Jorge Cabrera nasceu em Carora, Venezuela, mas hoje vive em Belo Horizonte onde fez inúmeros cursos de artes visuais. Fez diversas exposições no Brasil e em seu país de origem como também em outras nacionalidades extrangeiras.

“Cidades aéreas e retratos urbanos”, exposição de Jorge Cabrera – 06 a 15 de julho.
Local: Instituto Cultural Brasil-Argentina Praia de Botafogo, 228. Sobreloja. Botafogo. Rio de Janeiro

Fonte: http://federasur.org.br/cultura/2011/07/artista-venezuelano-expoe-rio-en...

Ciclo de palestras - MOVIMENTO DE RESISTENCIA LEONEL BRIZOLA

O MRLB promoverá importante ciclo de palestras e debates sobre o
Trabalhismo no Brasil e Leonel Brizola. Será SEMPRE ÁS DEZOITO HORAS,
NO SINDICATO DOS METROVIÁRIOS DO RIO DE JANEIRO-Av. Rio Branco, 277-4º
andar – Cinelândia, com a seguinte programação:

DIA 27 DE JUNHO – segunda-feira – tema: O Trabalhismo Revolucionário
de Brizola – palestrante VIVALDO BARBOSA (ex Secretario de Justiça nos
dois governos de Brizola no Rio de Janeiro e ex-Deputado Federal
constituinte nota 10);

DIA 4 DE JULHO – segunda-feira – tema: O Legado dos Governos Brizola
No Rio de Janeiro – palestrantes: ex deputados constituintes nota 10 e
ex Secretários nos dois governos Brizola no Rio, JOSÉ MAURICIO
LINHARES E CARLOS ALBERTO DE OLIVEIRA CAÓ.

DIA 18 DE JULHO – segunda-feira – BRIZOLA E A POLÍTICA CRIMINAL –
palestrante: EX GOVERNADOR NILO BATISTA;

DIA 15 DE AGOSTO – segunda-feira – BRIZOLA E O CAMINHO BRASILEIRO PARA
O SOCIALISMO – palestrante: Jornalista FLÁVIO TAVARES

DIA 22 DE AGOSTO – segunda-feira – O Trabalhismo e a Luta
Antiimperialista no Brasil–Getúlio e Brizola – palestrante: Escritora
e professora BEATRIZ BISSIO.

DIA 29 DE AGOSTO – segunda-feira – 50 anos da Legalidade –
palestrante: FLAVIO TAVARES – debatedores: VIVALDO BARBOSA E JOSE
MAURICIO LINHARES

Aguardamos tua presença nesta próxima segunda-feira, 18 horas, no
Sindicato dos Metroviários.

São Paulo sedia XIX Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba

19ª edição do evento terá projeções de filmes, lançamento de livros e cds, palestras, mini-cursos, atividades de rua e shows musicais

Será realizada em São Paulo, entre 23 e 26 de junho, a XIX Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba.

O evento terá projeções de filmes, lançamento de livros e cds, palestras, mini-cursos, atividades de rua e shows musicais, incluindo o a apresentação do samba enredo “Cuba sim, em nome da verdade” pela escola União da Ilha da Magia, vencedora do carnaval de 2011 em Florianópolis (SC).

As inscrições devem ser feitas pelo formulário de inscrição que está na página www.solidariedadeacuba.org.br e enviadas para o correio eletrônico contato@solidariedadeacuba.org.br com o assunto “Inscrição”.

Veja, a seguir, a programação da convenção.

21 e 22/06 – terça-feira e quarta-feira

Sala de projeção do Pavilhão da Criatividade - Memorial da América Latina

19h - Exibição de filmes cubanos

Dia 21 – Lucía

Sinopse: Lucía é uma obra mestra do cinema cubano, tinida até hoje como a consagração definitiva de um cineasta e de uma filmografia nacional. A obra está composta por três contos. Em cada um deles a protagonista leva o nome de Lucía, ou seja, uma representação da mulher cubana em três tempos. A três Lucías encadeiam a épica pessoal com o fluir da epopeia nacional emancipadora, libertação que convoca a mulher como ente participativo e definitório. Este filme é a primeira mirada do cinema cubano ao devir histórico, visto como caixa de ressonância para o íntimo, sim que a descrição da alma feminina obstaculize a visão das raças e povos acrisolados na nação cubana. A crítica tem reconhecido neste filme o extremo cuidado formal e de representação, sob a inspiração de Serguei Eisenstein, Luchino Visconti, Orson Welles, Glauber Rocha e os grandes neo-realistas, assim como seu gosto pela recreação enfática e melodramática dos signos culturais do passado, onde é notória a espessura filosófica, artística e histórica. Humberto Solás é considerado um cultivador da sedução através do virtuosismo estilístico.

Dia 22 – Memórias do subdesenvolvimento

Sinopse: Retrato lúcido e poético de Cuba no começo dos anos 60, Memórias do Subdesenvolvimento é considerado um clássico do cinema latino-americano. O mestre Tomás Gutiérrez Alea oferece um olhar ao mesmo tempo carinhoso e crítico sobre os rumos da revolução narrado pelos olhos de Sérgio, um homem que aos 38 anos se vê subitamente sozinho em Havana, depois que sua mulher e seus pais resolvem migrar para os Estados Unidos. Ao acompanhar Sérgio, o espectador é convidado a passear pelas ruas da capital cubana e a encontrar personagens reais, num filme que mistura com habilidade recursos da ficção e do documentário.

22/06 – quarta-feira

Praça na saída do metrô Barra Funda, em frente à UNINOVE

14h - Atividade de rua: saúde e revolução PELA VIDA!

Barraca de campanha com atendimento à população e palestras

23/06 – quinta-feira (feriado)

Sala Mário de Andrade, anexo dos Congressistas - Memorial da América Latina

19h - Exibição do documentário de Carlos Pronzado "Carlos 'Calica' Ferrer: A última viagem de Ernesto Guevara pela América Latina" com presença de Carlos Pronzato e Calica Ferrer

Quem é Calica Ferrer: Carlos "Calica" Ferrer nasceu em Alta Gracia, Córdoba, em 1929. Aos quatro anos conheceu Ernesto Guevara de la Serna, um menino asmático que se instalou com a sua família em Alta Gracia para procurar um alívio para o seu mal. Ernesto e Calica mantiveram uma íntima amizade durante a infância e adolescência. Em 1953 empreenderam juntos uma viagem aventureira por América Latina, no final da qual, Guevara terminaria convertido no Comandante Ernesto Che Guevara.

Atualmente Calica Ferrer vive em Buenos Aires e se dedica a estudar e difundir a figura do seu amigo Ernesto Guevara. No documentário Carlos 'Calica' Ferrer, a última viagem de Ernesto Guevara pela América Latina (40 min./2011) de Carlos Pronzato, ele relata aquela viagem.

19h45 - Lançamentos e relançamentos dos livros

De Ernesto a Che - Carlos 'Calica' Ferrer (Argentina)

A Revolução Cubana e a Questão Nacional - José Rodrigues Máo Júnior

Cuba - apesar do bloqueio - Mário Augusto Jakobskind

Fogo cruzado - Coronel Jorge Herrera Medina (Cuba)

20h30 - Autógrafos e apresentação do grupo musical da AMA ABC

24/06 – sexta-feira

Auditório Simón Bolívar - Memorial da América Latina

8h - Credenciamento

9h - Palestra: A importância da Revolução Cubana no marco dos 50 anos da vitória em Playa Girón e a solidariedade internacional

Palestrantes: Coronel Jorge Herrera Medina, combatente da batalha de Girón, Kenia Serrano Puig, presidenta do Instituto Cubano de Amizade aos Povos, Dôra Cesar do Nescuba

14h - Oficinas e mini-cursos

Universidade Nove de Julho

História da Revolução Cubana, Sistema educacional em Cuba, Sistema de Saúde em Cuba, Poder Popular e Democracia em Cuba, Política Externa Cubana e a ALBA, Direito Internacional com base no caso dos 5 heróis, Oficina sobre cinema feito nas margens, Oficina de música e identidade cultural cubana, A economia cubana, As relações de gênero em Cuba.

24/06 – sexta-feira - ABERTURA OFICIAL

Auditório Simón Bolívar - Memorial da América Latina

19h – Ato político de abertura

Ato político: Embaixador de Cuba no Brasil, Sr. Carlos Rafel Zamora Rodriguez, Presidenta do ICAP e deputada da Assembleia Nacional do Poder Popular de Cuba, Kenia Serrano Puig, e representantes de organizações nacionais

Apresentações musicais:

- Lançamento do novo CD de Pedro Munhoz

- Canto Libre com apresentação de vasto repertório latino-americano

- Apresentação do samba enredo “Cuba sim, em nome da verdade” pela escola União da Ilha da Magia, vencedora do carnaval de 2011 em Florianópolis

25/06 – sábado

Auditório Simón Bolívar - Memorial da América Latina

9h - Palestra: Bloqueio econômico e midiático

Palestrantes: Nidia María Alfonso Cuevas, Professora do Instituto Superior de Relações Internacionais de Cuba, Rosa Mirian Elizarde, jornalista do Cubadebate e Magalys Llort, parlamentar e mãe de Fernando González, um dos 5 patriotas cubanos preso nos EUA

14h - Grupos de trabalho

Universidade Nove de Julho

Bloqueio econômico, Bloqueio Midiático, Solidariedade a Cuba, Frentes Parlamentares, Libertação dos 5 patriotas

19h - Encerramento

Sintaema - Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente de SP (próximo ao metrô Armênia, linha azul do metrô)

- Saudação de Aleida Guevara, médica cubana, filha de Che Guevara

- Leitura da Carta de São Paulo

- Festa de confraternização com a bateria das escolas de samba União da Ilha da Magia, vencedora do carnaval de 2011 em Florianópolis com o tema “Cuba sim, em nome da verdade” e da Unidos da Lona Preta

26/06 – domingo

Memorial da Resistência, antigo prédio do DEOPS - próx. as estações Luz e Júlio Prestes da CPTM

9h - Ato de agradecimento a Cuba pelo acolhimento dos brasileiros perseguidos políticos durante a ditadura civil-militar no Brasil e visita monitorada ao Memorial da Resistência

Endereços dos locais do evento

Memorial da América Latina - Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - próx ao metrô Barra Funda

UNINOVE - Rua Deputado Salvador Julianelli, s/n - próx ao metrô Barra Funda

SINTAEMA (confraternização)- Av. Tiradentes, 1353 – próx ao metrô Armênia (saída A do metrô)

Memorial da Resistência (antigo prédio do DEOPS) - Largo General Osório, 66 - próx. às estações Luz e Júlio Prestes da CPTM

Fonte: Brasil de Fato ( http://www.brasildefato.com.br/node/6611 )

VI Convenção de Solidariedade a Cuba - 50 anos de Playa Girón

50 anos de Playa Girón será o tema da VI Convenção de Solidariedade a Cuba, que será realizada entre os dias 17 e 18 de junho.

Na programação estão os temas: “Os Avanços da Revolução Cubana e do Poder Popular Propiciam Seguir Construindo o Socialismo”; “A Vitória de Praia Girón! O resultado do VI Congresso do Partido Comunista em Cuba!”; "A Mídia Popular e as Alternativas para Contrapor-se à Cultura e aos Meios de Comunicação de Massa que Agridem e Invertem a Imagem de Cuba” . A convenção será realizada no auditório do Sinpro, localizado na Rua Pedro Lessa, 35, 2º andar, Cinelândia.

Confira a programação completa abaixo e o cartaz em anexo.

Dia 17/06/2011(Sexta-feira)
17h às 18h: Credenciamento
18h às 19h: Abertura da VI Convenção Estadual-RJ de Solidariedade a Cuba
19h às 20h30min: Tema 1: “Os Avanços da Revolução Cubana e do Poder Popular Propiciam Seguir Construindo o Socialismo”
Palestrante: Dr.Lázaro Mendéz - Cônsul Geral de Cuba
Moderador: Dr. Luiz Edmundo H. B. Costa Leite.
20h30min às 21h: Debate

Dia 18/06/2011(Sábado)

9h às 10h30min: Tema 2: “A Vitória de Praia Girón! O resultado do VI Congresso do Partido Comunista em Cuba!”
Palestrantes:
Prof. Rubim Aquino
Prof. Luis Eduardo Mergulhão
Dr. Edgardo Valdés
Moderadora: Rosa Maria Roldán
10h30min às 11h: Debate
11h às 11h15min: Café
11h15min às 13h: Grupos de Trabalho (2 Grupos Concomitantes)

Grupo 1:“Intensificar a Luta Contra o Bloqueio e pela Libertação dos Cinco Heróis Cubanos Prisioneiros do Império”
Coordenador: Ricardo Quiroga
Relatora: Penélope Diniz.
Grupo 2: "Mirar-se no Exemplo de Solidariedade de Cuba ao Terceiro Mundo e Aprofundar nossa Solidariedade a Cuba Socialista”
Coordenador: Élton John da Silva
Relatora: Camila Marins
13h às 14h: ALMOÇO
Filme: “Praia Girón”.

14h às 15h30min: Tema 3: “A Mídia Popular e as Alternativas para Contrapor-se à Cultura e aos Meios de Comunicação de Massa que Agridem e Invertem a Imagem de Cuba”
Palestrantes: Prof. Antonio Cícero
Prof. Hiran Roedel
Jorn. Alessandro Gomes (diretor da Prensa Latina)
Moderador: Paulo Passarinho
15h30min às 16h: Debate
16h às 16h15min: Café

16h15min às 17h30min: Reunião Conjunta dos Dois Grupos para Aprovar Propostas para a XIX Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba (SP)
17h30min às 18h: Encerramento

CONVITE LANÇAMENTO NOSSO TEMPO DIGITAL - FOZ DO IGUAÇU

O Megafone tem o prazer de convidá-lo (a)
para o lançamento do #NossoTempoDigital.

O projeto consiste na digitalização do acervo do jornal Nosso Tempo,
publicação dos arquivos na internet e montagem de exposição.

Data: 20 de junho (segunda-feira)
Local: Salão de eventos do Hotel Foz do Iguaçu
Av. Brasil, 97 - Foz do Iguaçu

HOMENAJE A PARAGUAY EN FESTIVAL CINESUL DE RIO DE JANEIRO

HOMENAJE A PARAGUAY EN FESTIVAL CINESUL DE RIO DE JANEIRO

El tradicional Cinesul – Festival Ibero-Americano de Cinema e Vídeo http://www.cinesul.com.br/ y www.festivalcinesul.blogspot.com que tendrá su 18º edición en Rio de Janeiro, Brasil, a partir del martes 14 de junio, ofrecerá este año un HOMENAJE AL PARAGUAY en el año de su Bicentenario.
El Festival CINESUL se ha distinguido a lo largo de casi dos décadas como el acontecimiento cinematográfico anual que permite la difusión y el conocimiento de la cinematografía iberoamericana de calidad en la ciudad de Rio de Janeiro. Los directores/ fundadores de CINESUL son Leonardo Gavina leogavina@gmail.com y Ángela José do Nascimento (in memoriam).
HUGO GAMARRA E. INVITADO

El cineasta paraguayo y director/fundador del Festival Internacional de Cine del Paraguay y presidente de la Fundación Cinemateca del Paraguay ha sido invitado para presentar estas actividades programadas en honor al Paraguay y para ser miembro del jurado de la Sección en Competencia Largometrajes Ficción.

Para el HOMENAJE AL PARAGUAY se han programado las siguientes presentaciones:

+ Sab 18 16 h. en la Cinemateca del Museo de Arte Moderno de Rio de Janeiro: Exhibición de la película “En el infierno del Chaco” (documental Argentina-Paraguay de 1932 sobre los primeros meses de la Guerra del Chaco). La exhibición será con acompañamiento de piano en vivo y presentada por el presidente de la Fundación Cinemateca del Paraguay, entidad responsable junto con Aprocinain de Argentina de la reciente restauración de este histórico filme en laboratorios de Buenos Aires. (Cabe recordar que la película fue exhibida en la clausura del 18º Festival Internacional de Cine del Paraguay en octubre 2009).

+ Dom 19 20h. en el Centro Cultural del Banco del Brasil: Exhibición y lanzamiento del DVD Edición Especial Bicentenario de “El Portón de los Sueños: vida y obra de Augusto Roa Bastos”, a ser presentado por su autor Hugo Gamarra E. (Cabe destacar que el DVD cuenta con el portugués como una de las opciones de subtítulos).

+ En fechas varias: Exhibición de los cortometrajes finalistas del Concurso Nacional de Cortos del Paraguay en sus primeras dos ediciones del 2009 y 2010. Entre ellas se incluyen El Chasqui, Vía Crucis, Los Limpias, Ita, Indiviso, Elemental, Sueños, Te vas, Un aproximación a Puerto Casado, Motoka, Kuña Kamba, Basura, Cuentas, Aguas oscuras, La erótica comedia y 30.

ABI Convida: debate sobre a questão palestina

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) realiza, no dia 14 de junho,
terça-feira, às 18h30, debate sobre a questão palestina. Virá ao
Brasil especialmente para o encontro o escritor e jornalista paraguaio
Mario Casartelli, autor do livro de crônicas Palestina: llaves entre
piedras, que participará de um debate com o cineasta Silvio Tendler, o
jornalista Mario Augusto Jacobskind e o ex-senador Saturnino Braga.
Antes do debate, será exibido o documentário “Um lugar chamado
Palestina” (45 minutos, dublado), produzido pela MovieTone Television.
A entrada é franca.

O encontro é uma iniciativa de debate sobre um tema que voltou ao
primeiro plano após a nova proposta de diálogo entre israelenses e
palestinos, mas com uma perspectiva original. O objetivo é
diversificar visões e ampliar questionamentos suscitados pela
cobertura dos meios de comunicação.

O livro de Casartelli (“Palestina: llaves entre piedras”), resultado
de sua experiência na região, tem um viés autoral. É um olhar
fraterno, desprovido de preconceitos, mas pleno de informação viva.
São crônicas de um jornalista artista, publicadas, em sua maioria, no
jornal paraguaio Ultima Hora, que trazem grandes revelações para quem
nada conhece sobre a região ou se informa pelo noticiário corrente.
Prévia ao debate, a exibição do documentário (“Um lugar chamado
Palestina”) tem o objetivo de apresentar uma síntese sobre a região e
suas principais questões.

Mario Casartelli:

Nasceu em Assunção, Paraguai, em 23 de maio de 1954. Sua vida oscila
entre a literatura, a música e o jornalismo gráfico. Começou como
ilustrador, caricaturista e humorista na imprensa local. Atualmente
assina charges diárias e uma coluna semanal (“Caricatura Verseada”),
com versos de sátiras políticas, no jornal Ultima Hora. Publica
também, ocasionalmente, artigos e entrevistas sobre acontecimentos do
país e do mundo. É autor de livros de poesia e de várias composições
musicais.

Mário Augusto Jacobskind:

Membro do Conselho Deliberativo da ABI. Correspondente no Brasil do
semanário uruguaio Brecha. Foi colaborador do Pasquim, repórter da
Folha de São Paulo e editor internacional da Tribuna da Imprensa.
Integra o Conselho Editorial do seminário Brasil de Fato. Colaborador
do Observatório da Imprensa. É autor, entre outros livros, de América
que não está na mídia(Altadena, 2010); Dossiê Tim Lopes —
Fantástico/IBOPE (Europa, 2004);Cuba, apesar do bloqueio (Booklink
2011).

Silvio Tendler:

Cineasta. Formou-se no “Institut des Hautes Études Cinématographiques”
(IDHEC) em Paris. Fez cursos do cineasta Jean Rouch e foi assistente
de direção de Chris Marker em “La spirale” (1973/75). Em 1976, no
Brasil, começou a reunir material para o documentário “Os anos JK, uma
trajetória política” (1980), ganhador do troféu Margarida de Prata, da
CNBB. Sua filmografia, caracterizada por documentários, inclui “O
mundo mágico dos Trapalhões” (1981), “Jango” (1984), premiado nos
festivais de Gramado e Havana, “Glauber, o filme – Labirinto do
Brasil” (2004) e “Tancredo, a Travessia” (2011), entre muitos outros.
É também professor da Faculdade de Comunicação Social da PUC-Rio.

Serviço:

Data: 14/6/2011, terça-feira

Horário: 18h30

Local: Associação Brasileira de Imprensa (ABI)

Sala Belisário de Souza, 7º andar

Endereço: Rua Araújo Porto Alegre, 71 — Centro — Rio de Janeiro (RJ)

CEP: 20030-012

Tel.:(21) 2282-1292

ENTRADA FRANCA

05 DE JUNHO: DIA DE LUTA NA AMÉRICA LATINA CONTRA O PLANO IRSA

05 DE JUNHO: DIA DE LUTA NA AMÉRICA LATINA CONTRA O PLANO IRSA

As organizações que fazem parte do Encontro Latino Americano de
Organizações Populares Autônomas (ELAOPA) firmaram o compromisso de luta
continental para o próximo dia 5 de Junho. Esta data é para fazer memória
aos dois anos do massacre indígena em Bagua no Peru, num conflito que
resultou em dezenas de mortos e simboliza a resistência dos povos latino
americanos contra o Plano IIRSA.

A sigla IIRSA se refere a Iniciativa de Integração da Infraestrutura
Regional da América do Sul que representa um verdadeiro plano de saque e
exploração das riquezas, dos bens naturais e dos povos latino-americanos.

Acreditamos que é necessário poder detectar que os efeitos do IIRSA em um
ponto do continente fazem parte de um mesmo plano de dominação em outro
ponto distante. Entendemos que resistir ao plano IIRSA é unificar nossas
lutas contra algo que é comum a todos.

Portanto, é importante nos mobilizarmos em solidariedade e memória aos
povos amazônicos e contra o Plano IIRSA.

Resistir ao IIRSA!

Lutar e criar Poder Popular!

MOBILIZAÇÃO DE BASE E ATIVIDADE NO RIO DE JANEIRO CONTRA O IRSA!

Neste sentido, nós do Movimento dos Trabalhadores Desempregados Pela Base
convidamos todos e todas a no dia 05 de Junho de 2011 participarem de uma
atividade contra o IRSA no Centro de cultura Social. Convidamos todos
os/as militantes, lutadores e lutadoras, movimentos sociais e interessados
a discutirem formas de resistência e autodeterminação dos povos contra
estes empreendimentos do capital.

14h - Abertura da Atividade e Exposição sobre o IRSA com participação de
professores do Pré-Vestibular Solidariedade
15h - Discussão e debate coletivo sobre seus impactos e formas de Resistência
16h - Show de Hip-Hop com Us Neguin Q Ñ C Kalan
17h - Encerramento

LOCAL: RUA TORRES HOMEM 790 - VILA ISABEL (PERTO DA ESCOLA DE SAMBA VILA
ISABEL E FINAL DO BOULEVARD 28 DE SETEMBRO)

Seminário Associação José Marti: REVOLUÇÃO CUBANA

HISTÓRIA E PERSPECTIVAS DA REVOLUÇÃO CUBANA
UM DIA DE DEBATES SOBRE OS AVANÇOS, AJUSTES E PROJETOS DA TRAJETÓRIA E DAS EXPECTATIVAS E ESPERANÇAS DA REVOLUÇÃO SOCIALISTA CUBANA

Local: Sindicato dos Engenheiros (Auditório) Avenida Rio Branco, 277 - 17º andar - Cinelândia
02/04/2011

Abertura: 9h
Historia da Revolução Cubana
Horário: 09h30
Expositores:
Luis Mergulhão (Professor), Carlos Barão (CAL/ACJM) e Nívia Regina (MST)
Comentarista: Aldo Fidel Cruces Amaro (Cônsul de Cuba)
Moderadora: Maria M. Torbisco (ANCREB - JM)
Conjutura atual da Revolução Cubana
Horário: 14:00h
Expositores:
Marco Antonio V. Santos (CECAC), Antonio Cicero Sousa (CEPPES) e Ricardo Quiroga (MORENA)
Comentarista: Ariel Terrero Escalante (Jornalista cubano)
Moderador: Marcelo Durão (MST)

Perspectivas da Revolução Cubana
Horário: 16h
Expositores:
Zuleide Faria (ACJM), Mario Augusto Jakobskind (Jornalista/Escritor) e Modesto da Silveira (Advogado)
Comentarista: Lázaro Méndez (Cônsul Geral de Cuba)
Moderador: Raymundo de Oliveira (CAL/ACJM)

Entidades Promotoras:
Associação Cultural José Martí (ACJM)
Casa da América Latina (CAL)
Centro Cultural Antonio Carlos Carvalho (CECAC)
Centro de Educação Popular e Pesquisas Econômicas e Sociais (CEPPES)
MORENA - Movimentos Bolivarianos
Movimento dos Sem Terra (MST)
Associação Nacional de Cubanos Residentes no Brasil (ANCREB-JM)

Lançamento do livro: "Cuba, apesar do bloqueio"

"Êta Homem obstinado esse Mário Augusto. Caquinho por caquinho vai esculpindo uma catedral gótica de idéias iluminadas e corajosas. Provoca e afronta a mesmice com a tranquilidade de quem pede um simples copo d'água para beber. Escreve sobre sua crenças com ardorosa paixão.
Agora ele volta com a reedição de seu livro sobre Cuba trazendo uma boa dose de idealismo num mundo sem grandes Utopias. Recomendo a leitura do livro do Mario Augusto como uma forma de conhecimento da ilha sitiada pela mídia pero vencedora, no planos das Utopias da minha geração como a mais bem sucedida, junto com o Vietnam. Apesar do bloqueio que já dura mais de cinquenta anos imposto pelo desagradável e prepotente vizinho, Cuba resiste.

Imperdível o livro do Mário Augusto."

Silvio Tendler

Com esse belo texto do Silvio Tendler, convidamos a todos a participarem do lançamento do livro “ Cuba, apesar do bloqueio” do jornalista e diretor da Casa da América Latina, Mário Augusto Jakobskind. Editora Booklink.

Lançamento: 14 de dezembro ( terça-feira)

Horário: 18 horas

Local: Rua Araújo Porto Alegre, 71, 11º andar (ABI)

13/12, García Linera, Vice-Presidente da Bolívia, na UERJ

A Casa da América Latina, convida seus sócios e população em geral a
participarem da Conferência, do Vice-Presidente da Bolívia
Álvaro García Linera, com o lançamento nacional do livro “ A Potência
Plebeia”.

Dia: 13 de dezembro (segunda-feira)
Horário: 18:30
Local: Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), auditório 11

Contamos com a presença de todos

Saudações Latino Americanas

Educação Pública e a Venezuela revolucionária: Vagas para todos!

Durante o mês de Novembro, estudante venezuelano fará giro por universidades brasileiras explicando como hoje na Venezuela todos têm acesso ao ensino superior público e gratuito sem necessidade de qualquer tipo de ação afirmativa.

A convite da campanha internacional “Tirem as Mãos da Venezuela” (campanha presente em mais de 50 países que promove atividades em solidariedade à revolução venezuelana) em conjunto com o Movimento Negro Socialista, durante o mês de Novembro, o estudante venezuelano e militante marxista, Euler Calzadilla, fará um giro por universidades brasileiras explicando como hoje na Venezuela todos têm acesso ao ensino superior público e gratuito sem necessidade de um “vestibular” como ocorre no Brasil – que acaba excluindo a imensa maioria dos jovens das universidades públicas – e também sem a necessidade de políticas de ações afirmativas, como as cotas raciais propostas recentemente no Brasil.

As atividades buscarão promover a discussão sobre a revolução venezuelana, combater a contra-informação difundida pela mídia burguesa, com relatos vivos de um militante ativo da Frente Bicentenária de Fábricas Ocupadas pelos Trabalhadores.

Programação:

15/11 – 09:00 – Condado-PE

A atividade será no CERU

16/11 – 19:00 – Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

A atividade será no Auditório do CE (Centro de Educação)

17/11 – 19:30 – Universidade Estadual Paulista (Unesp)

A atividade será na Sala 116 do Instituto de Artes da Unesp, na cidade de São Paulo, ao lado da estação Barra Funda do Metrô.

18/11 – 19:00 – Bauru-SP

A atividade será na sede da Esquerda Marxista do PT

Rua Azarias Leite, 7-54 (Centro)

22/11 – 19:00 – Universidade Federal do Paraná (UFPR)

A atividade será realizada no 1º andar, Anfiteatro 100

Rua General Carneiro, 460 (Curitiba)

23/11 – 19:00 – Universidade de Joinville (UNIVILLE)

A atividade será realizada no Anfiteatro II – Bloco C

Rua Alvino Wodtke, 1 – Bom Retiro – Joinville

24/11 – 18:30 – Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

A atividade será realizada no Auditório do CED (Centro de Ciências da Educação) no Campus Universitário Trindade, em Florianópolis.

25/11 – 19:30 – PUC-SP

A atividade será realizada no Auditório da APROPUC (Associação dos Professores da PUC) situado à Rua Bartira, 407 ao lado da PUC-SP, em Perdizes.

29/11 – 18:00 – Universidade Federal do Rio de Janeiro
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

A atividade será realizada no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Sala 423. Largo São Francisco de Paula, 1 - Centro.

19/11 em Campinas:

Debate sobre Ocupações de Fábrica e Controle Operário

Co-organizador da campanha “Tirem as Mãos da Venezuela”, o Conselho Operário da Fábrica Ocupada Flaskô (empresa que produz há mais de 7 anos sob controle dos trabalhadores reivindicando a estatização sob controle operário ao Governo Lula), que situa-se em Sumaré-SP (região de Campinas), promoverá no dia 19 de Novembro em Campinas, um debate com o companheiro venezuelano Euler Calzadilla, discutindo os resultados do 1º Encontro Nacional sobre Modelo de Gestão Socialista, Controle Operário e Participação dos Trabalhadores, organizado pela UNT (União Nacional dos Trabalhadores da Venezuela) em Setembro na Venezuela, bem como a questão da (re)estatização sob controle dos trabalhadores, envolvendo as experiências das nacionalizações na Venezuela e a campanha pela Petrobras 100% estatal aqui no Brasil.
O debate ocorrerá na Sexta, 19 de Novembro, às 19:00, no Sindicato dos Petroleiros de SP – Sede regional de Campinas - Rua Cônego Manuel Garcia, 1010, Jardim Chapadão - Campinas-SP.

Semana da Consciência Negra - Homenagem especial "Cartola"

Convite - Show

Semana da Consciência Negra - Homenagem especial "Cartola"

Atividades:

Palestra " Consciência Negra"

Poesia

Capoeira

Ney da Mangueira canta Cartola

Dia: 18 de novembro ( quinta-feira)

A partir das 16 horas

Local: Livraria/Bar da Civilis, Rua São Francisco Xavier, 649 - Maracanã

Realização Civilis e Porque Revista

www.porquerevista.com.br

Apoio: Ibrasci e Casa da América Latina

Debate livro "O Brasil e o capital-imperialismo" Virginia Fontes

Mesa-redonda de lançamento do livro "O Brasil e o capital-imperialismo", Virginia Fontes

Data: Qua, 27/10/2010 - 18:30 - 20:30
Local: Salão Nobre do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS/UFRJ)

http://amigosenff.org.br/site/node/67

CeCAC convida: Homenagem a Che Guevara

CeCAC convida:

Homenagem a Che Guevara
43 anos de sua caída em combate

Filme e Debate:
“CHE – Homem, Companheiro, Amigo...”

14 de outubro – 5ª feira

18:30h

Local: CeCAC – Av. Treze de Maio, 13 – sala 1903 – Rio/RJ

Em 8 de outubro de 1967 caía em combate Ernesto Che Guevara - exemplo de determinação, de espírito revolucionário e internacionalismo. Argentino, comandante guerrilheiro e dirigente da revolução cubana, encerrou sua trajetória revolucionária lutando na Bolívia, sendo capturado em 8 de outubro e executado no dia seguinte pelo exército boliviano, com a participação da CIA, do imperialismo ianque.

O CeCAC presta homenagem a CHE com apresentação do documentário “CHE – Homem, Companheiro, Amigo...” e debate sobre a luta e resistência popular contra o imperialismo hoje, com o resgate do pensamento e a prática revolucionários de Che, a sua postura ideológica, símbolos e estímulos à libertação de todos os povos oprimidos e explorados no mundo.

CHE GUEVARA PRESENTE!

Campanhas que apoiamos!

Liberdade para os 5 Heróis Cubanos:
http://www.cincoherois.com.br/

O Petróleo tem que ser nosso:
http://www.sindipetro.org.br/

Agenda Colômbia Brasil:
http://agendacolombiabrasil.blogspot.com.br/